Programação | CCON
06/04

Café de Ideias com Zuenir Ventura

Jornalista multipremiado faz palestra gratuita sobre "1968, o ano que não terminou"

  • Jornalista multipremiado faz palestra gratuita sobre

 

Sinopse do evento

CAFÉ DE IDEIAS COM ZUENIR VENTURA
Tema:
"1968 - O ano que não terminou"
Data: 6 de abril de 2018 (sexta)
Horário: 19h30
ENTRADA FRANCA*

___
*Sujeito à lotação do auditório. Chegue com alguma antecedência, garanta sua vaga e evite transtornos.

Mídias Sociais

Confirme sua presença  

“Por que 1968 resiste tanto a sair de cena?” Com esta pergunta, Zuenir Ventura inicia a reflexão sobre um momento histórico paradigmático que completa 50 anos em 2018: o “Maio de 68”. O premiado jornalista vai falar sobre o tema no próximo Café de Ideias, dia 6 de abril, às 19h30, no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON). A palestra tem entrada franca*.

Zuenir Ventura tem 86 anos e é um dos mais prestigiados jornalistas brasileiros. Nasceu em Além Paraíba, Minas Gerais, e se graduou em Letras Neolatinas. Nos anos 1960, foi bolsista no Centro de Formação de Jornalistas de Paris. Trabalhou em jornais e revistas: Correio da Manhã, Fatos & Fotos, O Cruzeiro, Visão, Veja, IstoÉ e Jornal do Brasil.

Escreveu “1968 - o ano que não terminou”, com mais de 400 mil exemplares vendidos, e outros livros. Ganhou os prêmios Esso de Jornalismo (1989), Vladimir Herzog (1989) e Jabuti de Reportagem (1995). Foi eleito “O jornalista do ano” pela Associação dos Correspondentes Estrangeiros (2010) e homenageado pela ONU com troféu especial por sua contribuição à defesa dos direitos humanos.

Ex-professor universitário, é membro da Academia Brasileira de Letras e colunista do jornal O Globo.

___

Sinopse da palestra
Por que 1968 resiste tanto a sair de cena? Cinquenta anos depois, ainda se procura saber qual é o mistério de não querer ser passado e sim presente, de permanecer como referência e mito de imaginários tão distantes. Qual o segredo dessa misteriosa sincronia que, antes da internet e da globalização, fez os jovens de todo o mundo deixarem as ideias e os cabelos crescerem, ouvirem as mesmas músicas e compartilharem das mesmas utopias?
___


Histórico
O Café de Ideias do Centro Cultural Oscar Niemeyer foi criado em 2012. Já passaram pelo palco do Café: Regina Navarro, Luiz Felipe Pondé, Nelson Motta, Ruy Castro, Christian Dunker, Marcia Tiburi, Claudia Riolfi, Roberto DaMatta, Jorge Forbes, Mary Del Priore, Eliane Brum, Vladimir Safatle, Flávio Gikovate, Renato Janine Ribeiro, Marco Antônio Villa, Cacá Diegues, Ismail Xavier, Luiz Carlos Bresser Pereira, Demétrio Magnoli, Viviane Mosé, Leandro Karnal, Oswaldo Giacoia Jr, Marilena Chaui, José Arthur Giannotti, José Miguel Wisnik, Miriam Goldenberg e Lair da Silva Loureiro Filho.

Créditos
O projeto tem a parceria dos restaurantes Panela Mágica e Porto Cave e da Universidade Federal de Goiás. Tem ainda o apoio cultural da Rádio Executiva, do jornal O Popular e da TV Anhanguera. A realização é do Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e do Governo de Goiás.

___
*Sujeito à lotação do auditório. Chegue com alguma antecedência, garanta sua vaga e evite transtornos.

_____
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil